Connect with us

Morro do Chapéu

Feira da Agricultura Familiar e Solidária em comunidade quilombola poderá beneficiar mais de 500 famílias

A Realização da Feira será de forma permanente, no Quilombo de Ouricuri II para a venda e troca de produtos da agricultura Familiar e da Economia Solidária.

Publicado

dia

Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Morro do Chapéu promove Feira da Agricultura Familiar e Solidária em comunidade quilombola.

Morro do Chapéu-BA, Brasil – 23 de Junho de 2020. A pandemia que o mundo enfrenta está impactando diretamente a economia de nossa cidade. As restrições no comércio, impostas em decreto, por governo, tem causado um mau estar para lojistas do “centro”.

Já os pequenos cultivadores se reuniram para comercializar suas frutas, verduras, legumes e artesanatos manuais; bordado, crochê, roupas e acessórios em feira familiar.

Divulgação

Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Morro do Chapéu promove a “Feira da Agricultura Familiar e Solidária” em comunidade quilombola.

É com esse sentimento de movimentação que o STTR de Morro do Chapéu constrói coletivamente a Feira da Agricultura Familiar e Solidária.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE



Essa iniciativa surgiu a partir de um encontro virtual da Rede de Educadores e Educadoras da Escola Nacional de Formação da Contag – ENFOC.

Nesse momento de Pandemia do Covid-19, em meio ao isolamento social, precisamos nos reinventar, buscar novas alternativas para diminuir o impacto no Movimento Sindical e na vida das pessoas do Campo.

Divulgação

Considerando que uma de nossas dificuldades é o escoamento da produção da Agricultura Familiar, o que tem gerado a diminuição da renda e a perda da produção, impactando negativamente na vida financeira e na saúde mental das pessoas, pensamos em uma forma segura de comercializar nossos produtos, garantindo a comercialização, sem com isso colocar em risco a saúde de nossos povos.

Sabendo das limitações de nossas feiras livres, estamos buscando uma alternativa, juntando sindicato e comunidade, que pode beneficiar mais de 500 famílias.

A iniciativa articula o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Morro do Chapéu, agricultores e agricultoras das Associações Comunitárias de Irrigantes, unindo três Associações Comunitárias, quatro comunidades quilombolas, um assentamento de Reforma Agrária e uma Associação de Irrigantes.

O objetivo é garantir a segurança alimentar, valorizar a produção de alimentos saudáveis, agregar valor aos produtos da agricultura familiar, incentivar a produção e consumo de produtos da região e despertar para a prática de troca de sementes e produtos entre agricultores e consumidores.

Essa ação vai beneficiar direta e indiretamente cerca de 500 famílias da Região de Ouricuri.

A Realização da Feira será de forma permanente, no Quilombo de Ouricuri II para a venda e troca de produtos da agricultura Familiar e da Economia Solidária.

Esse projeto foi idealizado por um educador Popular da ENFOC e a expectativa é que na feira sejam comercializados aves, ovos, carnes de bovinos, suínos, ovinos, frutas, verduras, olerícolas, biscoitos e artesanatos. Tudo produzido por Agricultores e Agricultoras familiares.

A ação conta com a parceria dos deputados Daniel Almeida (Federal) e Fabrício Falcão (Estadual) do PCdoB. Todos os feirantes incluídos no projeto receberam BARRACAS PADRONIZADAS da CAR (Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional). A adoção de todas as medidas proteção, como o distanciamento, não permitir aglomerações, uso de mascarás e disponibilização de álcool em gel garantirá a segurança dos consumidores e dos produtores.

Sou Welton Matos, baiano formando em comunicação, e tecnologia. Apaixonado por design, internet, informação, fotografia e música. Amigo da natureza.

Veja Mais
Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks

Coronavírus

Vereador Gilvan Alves propõe a criação de comissão especial de enfrentamento ao coronavírus

Publicado

dia

O vereador Gilvan Alves, PP, propôs a criação de Comissão Especial de Enfrentamento à Covid-19, na Câmara Municipal, nesta sexta-feira, 05.

O objetivo da comissão é a atuação coordenada de um grupo de trabalho com a finalidade de fiscalizar e propor ações de combate ao Coronavírus pelo Poder Público no âmbito do município de Morro do Chapéu. A Comissão especial também deve se dedicar à discussão de ações que minimizem os impactos econômicos e sociais que a pandemia tem causado.

Para Gilvan, “A comissão será também mais um elo de comunicação entre o Poder Legislativo e o Poder Executivo. Pretendemos propor ações e parcerias. Nós queremos discutir não só as medidas de enfrentamento ao vírus, mas também os impactos que essas medidas trazem na nossa economia e como equilibrar as ações que promovem o distanciamento social com a atividade econômica”.

A comissão também irá fiscalizar o cumprimento do plano municipal de vacinação, da política de testagem da população e do cumprimento dos serviços de saúde, com especial atenção ao CENTRO DE TRATAMENTO COVID-19, instatalado na UPA – Unidade de Pronto Atendimento

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE



Para acriação da comissão, foi apresentado um requerimento à Mesa Diretora da Câmara, que também foi assinado pelos vereadores Ivanete Machado – PL, Luciano Lula – PcdoB, Derlúcia P. de Souza – PDT, Bethânia Araújo – AVANTE, Luciano Rocha – PDT, Eloy Falcão – PL, André Valois – PL e Amaurí Silva – PL.

Com o requerimento aprovado, os vereadores Gillvan Alves, Ivanete Machado e Derlúcia P. de Souza foram indicados para a composição do grupo de trabalho.

*Com informações da Assessoria de Comunicação do Vereador Gilvan Alves da Silva.

Veja Mais

ARQUIVO WM

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x