Connect with us

Educação

Inscrições para o Sisu do segundo semestre terminam nesta sexta

A inscrição é exclusiva aos estudantes que fizeram as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 e não zeraram a redação.

Publicado

dia

Termina nesta sexta-feira, 10 de julho, as inscrições para participar do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2020/2. Cadastro é gratuito e vai até as 23h59.

Inscreva-se no SiSU 2020/2

A inscrição é exclusiva aos estudantes que fizeram as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 e não zeraram a redação.

Como se inscrever?

Os interessados em se cadastrar no SiSU terão a oportunidade de escolher até duas opções de curso, em ordem de preferência. As vagas são oferecidas nas universidades para o segundo semestre deste ano. Veja o passo a passo da inscrição:

  • Acesso: Antes de começar a inscrição, o candidato deve estar cadastrado no Site do Governo Federal. Quem não se cadastrou é só acessar o Portal do Governo e depois do cadastro utilizar os dados. Quem já tem o cadastro deve clicar, no Site do SiSU, em ‘Fazer Inscrição’ e entrar com os dados.
  • Dados: O estudante deve conferir todos os dados para o SiSU entrar em contato, caso necessário. Depois da atualização da página é só seguir com a inscrição e, se precisar, pode alterar esses dados a qualquer momento no período de inscrição.
  • Minha inscrição: Nesta página o estudante pode escolher até duas opções de curso e também é o local em que vai acompanhar a inscrição durante todo o processo. Para começar é só clicar em “Fazer inscrição na 1ª opção”.
  • Vagas: Neste momento o candidato pode pesquisar as vagas que estão sendo oferecidas pelo nome do município, da instituição ou do curso.
  • Modalidade: Após a escolha do curso, o interessado deve ficar atento aos detalhes e as modalidades disponíveis e, então, escolher para qual pretende concorrer. Quando escolher é só clicar em “Escolher esta modalidade” para continuar. É importante estar atento às informações de como comprovar as ações afirmativas no momento da matrícula, caso seja selecionado.
  • Confirmação: Após ver que todos os dados estão corretos e verificar a documentação que será exigida pela instituição na matrícula é só clicar em “Confirmar minha inscrição”. Após confirmar a inscrição, o sistema voltará para a tela “Minha inscrição” e você pode alterar as opções até o fim das inscrições.
  • Classificação parcial: Durante o período de inscrição você acompanha as notas de corte dos cursos e a sua classificação parcial. A mudança pode ser feita até as 23h59 de hoje.

Resultado

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE



A previsão é que o Ministério da Educação (MEC) libere o resultado do SiSU 2020/2 no dia 14 de julho e as matrículas dos aprovados serão realizadas entre os dias 16 e 21 seguintes. 

Quem não for convocado em nenhuma das duas opções de curso poderá manifestar interesse nas vagas da lista de espera do SiSU, de 14 a 21 de julho. As instituições de ensino serão as responsáveis pela divulgação dessas próximas chamadas.

Vagas

A oferta do SISU 2020/2 é de 51.800 vagas em 57 instituições públicas de ensino superior. As vagas são distribuídas em ampla concorrência e diferentes categorias de cotas e ações afirmativas.

Nesta edição do SiSU há a novidade da oferta de vagas para cursos a distância (EaD). No dia 25 de maio o MEC publicou no Diário Oficial da União uma Portaria alterando o regulamento do SiSU para a inclusão dos cursos EaD.

Veja Mais
Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks

Educação

Na luta por direitos retirados, professor Maia comenta artigo sobre ‘exclusão social’

EXCLUSÃO SOCIAL: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE A REALIDADE BRASILEIRA. Por Gilvan Maia – Professor da rede pública estadual de ensino.

Publicado

dia

Segundo Maia, em seu artigo Exclusão social: Algumas Considerações Sobre a Realidade Brasileira – “O termo ‘exclusão social’ entra em cena, especialmente, a partir da década de 1980 em meio à crise do sistema capitalista – que, como já previa a interpretação marxista da economia capitalista, vive de crises, numa repetição de tragédias e farsas. Em linha gerais, o tema da exclusão social é remetido a uma base estrutural de desigualdade, ou estruturando-se em um pilar de necessidades e desigualdade na distribuição e acesso aos direitos. Em outras palavras, a exclusão social é traço característico de sociedades em que algum grupo social acumula condições de acesso a direitos básicos – educação, saúde, cultura, tecnologias, etc – em detrimento de outro. O marcador social da exclusão pode ter diferentes origens, desde a questões étnicas até questões de gênero. Na forma social capitalista, contudo, é na categoria de classe social que reside o elemento analítico para entender a exclusão social. Quem não detém não pertence às classes dominantes – a classe capaz de comprar a força de trabalho de milhões de pessoas -, estará no grupo para a qual se dirige os vetores da tragédia da exclusão social.”

Leia trechos do artigo de Gilvana Maia publicado no site da AgendaMIC.

A 3ª edição da AgendaMIC na Live do Léo, apresentada por Welton Matos – autor da Agenda, convidou trouxe também a Professora Lilian Maria, Coordenadora da APLB – Associação dos Professores Licenciados da Bahia para falar sobre a Luta dos Professores na Defesa dos Direitos foi o tema central da última edição da AgendaMIC, que aconteceu na última terça-feira, 23/03.

O bate-papo virtual aconteceu a noite e foi transmitido na Live do Léo. Veja como foi a conversa assistindo o vídeo abaixo.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE



Veja Mais

ARQUIVO WM

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x